Hélio Contabilidade

Notícias

Como começar a vender pela internet? Semana do MEI tira dúvidas

No terceiro dia do evento, gerente de negócios da B2W Marketplace fez um panorama dos principais canais digitais no comércio eletrônico

As vendas na internet tornaram-se fundamentais para os pequenos negócios durante a pandemia da Covid-19. O que muita gente pensa é que ter uma loja online é a única forma de começar a atuar no mercado digital. Para desmistificar essas e outras ideias a respeito do comércio eletrônico e dar dicas sobre como dar os primeiros passos online, o Sebrae convidou a gerente de negócios da B2W Marketplace, Mayra Gianoni, para participar do terceiro dia da Semana do MEI. A live foi conduzida pela analista do Sebrae em São Paulo, Marcelle Carvalho.

Logo no início da conversa, Mayra destacou as várias possibilidades que a internet apresenta para quem quer vender. "Não precisa ter uma loja na internet e não precisa ter uma loja própria para começar a vender pela internet", afirmou. Segundo ela, neste momento de pandemia, o comércio eletrônico, além de atender as necessidades do cliente que quer se sentir seguro para realizar suas compras, também permite vender para qualquer lugar do país.

Há sete anos no mercado digital, a especialista explicou que recentemente houve uma inversão do cenário para quem quer empreender no digital. Segundo ela, antigamente, o modelo mais comum era começar por uma loja virtual e depois experimentar outros ambientes virtuais. "Hoje, os empreendedores estão testando primeiro outros canais, como redes sociais e marketplaces, antes de ter uma loja virtual ou nem criam uma loja própria", analisou.

Para esclarecer melhor por onde começar, Mayra apresentou um panorama dos prós e contras do uso dos três principais canais digitais disponíveis para quem quer empreender: loja virtual própria, redes sociais e marketplaces. Segundo ela, os empreendedores precisam ter em mente que não é necessário escolher apenas um canal de vendas. "Eu costumo aconselhar a diversificar seus canais porque o que percebemos, principalmente no ano passado, é que ao escolher apenas um canal o empreendedor fica muito dependente e isso pode limitar suas fontes de receita, caso seja necessário fechar a sua loja física, por exemplo", explicou.

Ao tratar das redes sociais, Mayra destacou que é esse o canal de vendas digitais que mais tem crescido ultimamente. Ela explicou que é uma ótima solução para quem quer começar e testar uma integração com a loja física. "De uma forma geral, as redes sociais são um bom meio de se ter uma relação mais próxima com o seu cliente, principalmente aquele que já conhece a sua loja e que vai querer utilizar o canal para tirar uma dúvida com você e se atualizar sobre as novidades", destacou. Ela ressaltou que as plataformas oferecem possibilidade de divulgar os produtos de maneira fácil e ajudam a criar uma boa reputação do negócio, porém exige que o empreendedor invista tempo para produzir conteúdo e engajar o público.

Por último, a especialista explicou as vantagens de utilizar os marketplaces como uma plataforma de venda online. Na B2W, Mayra é responsável por acompanhar a trajetória de empresários que atuam em marketplaces conhecidos, como Americanas, Shoptime e Submarino, mas ela quis deixar bem claro que não precisa ser uma grande marca ou ter o produto conhecido para vender na plataforma. Segundo ela, 60% dos vendedores na B2W são donos de pequenos negócios.

Entre as dicas para começar a vender em marketplaces, Mayra recomendou que os empreendedores escolham os itens que vão vender com bons fornecedores e principalmente saibam precificar bem os produtos. Segundo ela, a maioria não cobra nenhum tipo de mensalidade, mas geralmente possuem uma taxa de comissão pelas vendas. Inclusive, durante a live, ela liberou um cupom de taxa zero para os participantes do evento testarem a plataforma da B2W por 3 meses.

"Minha última dica é que estudem e aproveitem oportunidades como essa da Semana do MEI que oferece muito conteúdo para ganhar conhecimento e crescer com seu negócio na internet", concluiu.

Semana do MEI

Desde a segunda-feira (10) o Sebrae realiza a Semana do MEI, que vai até esta sexta, 14 de maio, de forma 100% online e gratuita. Clique aqui para participar.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Agenda Tributária

Período: Junho/2021
D S T Q Q S S
  0102030405
06070809101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Cotação Dólar